quarta-feira, 20 de Novembro de 2013

AltoMinho e Desporto em Viana

O Desporto em Viana está num novo espaço! Agora, toda a informação desportiva do concelho de Viana do Castelo pode ser encontrada em www.altominho.com.pt


Fruto de uma parceira entre este projecto e o AltoMinho, pretende-se com esta mudança divulgar ainda mais o desporto vianense!

Acompanhe-nos nesta aventura!

Editorial: Duas redacções, uma equipa pela Informação do Alto Minho

E se lhe dissesse que é possível ter num único site o melhor da informação do Alto Minho e o melhor da informação desportiva de Viana do Castelo? Decerto pensaria que estava a ler este texto a 1 de abril. Mas não!

A revista AltoMinho e o projecto de informação Desporto em Viana decidiram criar uma sinergia entre as suas redacções para lhe dar no mesmo espaço toda a informação que lhe interessa!

Criado em 1995, o AltoMinho tem desde a sua fundação procurado cumprir o mesmo propósito: “Queremos ser o jornal de toda região e de todos os alto-minhotos.” e mostrar às pessoas que “Várzea, Boivães, S. Gregório, Arga de Cima, Dem, Lindoso, Riba de Mouro, Barroselas, Correlhã e mais quase três centenas de outras aldeias constam do nosso mapa jornalístico e as suas gentes têm o direito a ser notícia”. Quase a completar duas décadas de actividade, esta sinergia com o Desporto em Viana surge numa época de crise, demonstrando que apenas querendo mais se consegue fazer algo melhor.

O Desporto em Viana surgiu de uma necessidade: a falta de cobertura mediática dos campeonatos de modalidades amadoras no concelho de Viana do Castelo, em 2009. Desde então, a equipa do Desporto em Viana tem, graciosamente e diariamente, através de um blogue (in)formado os vianenses dos feitos dos atletas e equipas do seu concelho. Querendo sempre mais e melhor, esta parceria com o AltoMinho surge na melhor hora para o projecto que apenas promete o de sempre.

Desenvolvido por pessoas que gostam de informar, este site quer desenvolver um trabalho rigoroso, de qualidade e que satisfaça os interesses dos leitores.

José Domingos Ribeiro